Conheça dietas malucas e os motivos para fugir delas


Algumas restrições alimentares podem provocar sérios riscos para a saúde, alerta médica endocrinologista






Dieta do passarinho, do ovo cozido, da banana, da lua... Não importa o nome, muitas são as soluções alimentares que prometem perda rápida de peso, quase como um milagre. E quem nunca se aventurou em alguma delas ou, ao menos, cogitou lançar mão para perder certo excesso aqui ou ali?
Segundo a médica endocrinologista Graciele Tombini, realizar uma dieta equilibrada não é tão difícil assim. Para ela, os danos que as restrições podem causar não valem a pena, pois, ainda que se perca peso inicialmente, ele volta rapidinho. 
– O grande problema é que, em geral, as pessoas têm pressa e querem emagrecer para ontem. Porém, o que elas não se dão conta é que nessas dietas malucas, o que mais se perde é massa muscular e ocorre pouca redução de gordura. Como nossa massa muscular consome muita caloria – o chamado metabolismo basal – perdendo músculos, passamos a gastar menos calorias e, assim, acaba-se recuperando peso muito facilmente.
Confira abaixo algumas das dietas mais malucas procuradas nos consultórios e os riscos para a saúde, segundo Graciele:
1. Dieta do ovo cozidoHá uma série de variações relacionadas à Dieta do Ovo Cozido. As mais radicais (e difíceis) determinam a ingestão de apenas três ovos cozidos por dia. Relatos dão conta de que a atriz Nicole Kidman, durante as filmagens do filme Cold Mountain, comia apenas ovos cozidos e mais nada em todas as suas refeições. Outros atores também admitiram que seguiram a restrição alimentar.
RISCOS
Dieta inviável a longo prazo! Três ovos cozidos representam 210 calorias por dia. As dietas com 500 calorias já são consideradas de alto risco de desnutrição, podendo até levar a inanição. Devido ao baixo teor de macronutrientes (proteínas, carboidratos e gorduras), existe uma perda muito grande de água corporal, e, mesmo com uma boa hidratação, quem fizer tem risco de hipotensão e até mesmo coma. O ovo é rico em vitaminas do complexo B, mas essa dieta resultará em deficiência de todas outras vitaminas. Também ocorrerá uma grande perda de massa muscular.

Emagrecer com a dieta da lua



Para emagrecer com a dieta da lua deve-se apenas beber líquidos como sucos, sopas, água, chá, café ou leite, sempre sem açúcar, durante 24 horas em cada mudança da fase da lua e não se pode comer nenhum alimento sólido. Nos restantes dias a alimentação deve ser isenta de alimentos fritos ou com molhos e os refrigerantes também são proibidos.
Na dieta da lua acredita-se que como a lua influencia as marés, ela também é capaz de influenciar os líquidos do nosso corpo e, por isso, quando a lua muda deve-se apenas beber líquidos. A lua muda 4 vezes por mês e esta dieta líquida deve ser feita só 1 vez por semana.
Exemplos do que você pode consumir de acordo com a dieta da Lua:
  • Sopas de espinafre ou cebola, por exemplo, mas não usar batata nem outros tubérculos;
  • Caldo de frango;
  • Vitaminas de frutas sem adição de açúcar;
  • Iogurte com aveia;
  • Chá sem açúcar.
A água também é fundamental nessa dieta, devendo se consumir no mínimo 8 copos de água de 250 ml cada por dia.

Cardápio da dieta da lua

Segue-se um exemplo de cardápio da dieta da lua, que deve ser cumprido no dia de mudança da lua.
Café da manhã - suco de frutas naturais sem açúcar, chá com adoçante e café com leite desnatado.
Almoço - caldo de carne ou de frango, com legumes batidos no liquidificador.
Jantar - repetir a sopa de legumes.
Antes de se começar qualquer dieta é fundamental o conselho de um profissional de saúde, como o nutricionista para verificar se essa dieta não vai prejudicar a saúde do indivíduo.

Dieta do Leite

A versão mais radical consiste em tomar só leite. Porém, a versão mais comum, permite comer outros alimentos em quantidade reduzida, como frutas, ovo e bife grelhado. Para conhecer melhor o cardápio e suas desvantagens, dê uma olhada aqui no artigo que escrevi sobre a dieta do leite.
Riscos e falhas:  Tomar apenas leite resulta nos mesmos problema citados na dieta do ovo cozido, é muito restrito de nutrientes e vitaminas. Em sua versão mais comum com frutas e proteínas, a dieta é um pouco menos extrema e não terá grandes problemas a curto prazo, porém é inviável para longo prazo por conta da super baixa quantidade de calorias diárias.

Dieta da fruta

A dieta da fruta ou dieta das frutas pode variar muito. Em cada site ou blog achamos uma versão diferente, as vezes com grandes variações. Algumas limitam a um tipo de fruta por dia, que pode comer a vontade. Outra alternativa é um número limitado de quantidade de frutas por dia, mas com 2 ou 3 tipos diferentes. E por último, a versão menos nociva, limita a quantidade e variedade de frutas por dia, porém inclui uma proteína em 1 ou 2 refeições.
Riscos e falhas: Depende muito da variação da dieta. Se apenas frutas forem consumidas, você com certeza terá problemas com falta de macro e micro nutrientes. Lembrando que frutas são basicamente carboidratos, então faltaria proteína e até gordura, que em quantidades pequenas é benéfica e essencial. Se for incluirmos uma proteína, como carne ou ovo, melhoraria bastante a dieta e poderíamos considerá-la um pouco menos maluca assim. Porém, em quase todos os casos, a longo prazo, a dieta seria muito restrita em calorias, o que causaria problemas como tonturas, fraqueza e anemia. A dieta é recomendada para ser feita por apenas 10 dias, mas mesmo assim não recomendo e provavelmente ocorreria o famoso efeito sanfona.

Dieta da sopa

dieta da sopa varia conforme fonte, mas basicamente consiste em consumir apenas sopas e caldos de verduras e legumes. Algumas versões incluem outros alimentos saudáveis no café da manhã e e almoço, o que deixa a dieta muito menos radical e nociva a saúde.
Riscos e falhas: Como disse anteriormente, se a dieta incluir outros alimentos saudáveis como iogurte, pães integrais, peito de peru, etc, ela será muito mais saudável e em curto prazo não terá problemas, podendo ser uma maneira de ajudar no controle da quantidade e qualidade de alimentos consumidos no dia a dia. Se a versão for radical com apenas sopas ou caldos, vai depender de que tipo de sopa estamos falando. A maioria dos cardápios cita apenas sopas com verduras e legumes, que apesar de terem muitos nutrientes saudáveis, têm deficiência em proteínas.
Além disso, também vejo mais dois problemas nesta dieta. Em geral, as sopas e caldos apresentam muito sal. O sal é o principal tempero para deixar a sopa gostosa, pois a água do caldo dilui esta quantidade, nos obrigando a aumentar a dose. Outro problema é que, por se tratar de alimentos líquidos, saciam menos. É comprovado que alimentos sólidos, quando mastigados, ajudam a saciar a fome mais do que líquidos. A dieta da sopa também pode ser muito restrita de calorias, e por isso emagrece. Você sentirá fome.

Dieta do limão

A dieta do limão consiste em tomar o suco do limão em jejum, pela manhã. Muitas versões da dieta aumenta gradativamente a quantidade de limões por dia. Algumas versões usam água com limão, gelada ou morna.
Riscos e falhas: Como o resto da alimentação não é alterada, não teremos uma restrição de calorias ou mesmo de nutrientes. O consumo de limão é excelente, contêm vitamina C e outros nutrientes que podem sim auxiliar na sua dieta ou alimentação. A água gelada também pode ajudar um pouquinho na perda de peso, por fazer o corpo usar mais energia para manter a temperatura, mas isso é muito pouco.
O problema mesmo vem com o aumento do consumo. Em algumas versões da dieta, é consumido até 16 limões pela manhã. Tudo em excesso faz mal, isso inclui o limão, podendo aumentar a acidez do estômago. Outro porém é que, apesar do limão em quantidades normais ser muito saudável, ele não faz nada ou praticamente nada para ajudar na perda de gordura, podendo ser no fim das contas apenas um efeito placebo.
quer ver a dieta certa para vocês fazerem vejam no site oficial :http://dietade21dias.com
Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários!
Postagem mais recente Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Postar um comentário