7 comidas cetogênicas que podem te ajudar a perder peso

7 comidas cetogênicas

7 comidas cetogênicas que podem te ajudar a perder peso





A dieta cetogênica se tornou popular por prometer perda de peso com o consumo de quantidades generosas de gordura, além da ingestão moderada de proteínas e quantidades mínimas de carboidratos. Além do emagrecimento, o plano ainda promoveria aceleração do metabolismo, redução dos níveis de insulina e controle do apetite. Conheça opções de comidas cetogênicas que ajudam a secar:

Alimentos cetogênicos que ajudam a emagrecer

Salmão: rico em ácidos graxos ômega-3 e ômega-6, o peixe ajuda a reduzir a inflamação e melhorar a capacidade de perder peso.
Amêndoas: fonte de fibras, ácidos graxos monoinsaturados e vitamina E, o alimento regula o açúcar no sangue, promove saciedade, reduzindo assim a fome exagerada, além de ajudar na queima de gorduras.
Ovos: fonte de proteína, o alimento controla o apetite, acelera o metabolismo e ainda contribui para a construção muscular, fatores que ajudam no emagrecimento.
Chá verde: poderosa antioxidante natural, a bebida reduz inflamações que provocam ganho de peso e, por ser termogênica, ainda ajuda na aceleração do metabolismo que, consequentemente, turbina a queima de calorias.
Abacateapesar de calórico e exigir moderação, o alimento é fonte de gorduras boas e fibras e pobre em carboidratos, ou seja, ótimo aliado para a perda de peso. Versátil, a fruta pode ser consumida in natura, em forma de smoothies ou acompanhamento de lanches e saladas.





Manteiga de amendoim: a versão natural do alimento também é rica em gorduras boas, vitaminas e proteínas que garantem saciedade e diminuem o apetite. É ainda uma boa opção para quem não consegue evitar comidas mais doces.
Carne vermelha: com moderação, a opção também pode entrar no cardápio e, fonte de proteína, deixa o corpo saciado por mais tempo, afastando a fome fora de hora.
veja aqui como fazer uma dieta cetogênica >>>clique aqui<<<

Dúvidas e sugestões podem deixar nos comentários!
Postagem mais recente Postagem mais antiga

Nenhum comentário :

Postar um comentário